A ciência e a arte por trás do Botox®

Movimentos faciais, quaisquer que sejam, podem eventualmente levar ao aparecimento dos primeiros e mais comuns sinais de envelhecimento: as rugas. Um sorriso ou o simples ato de mastigar podem estimular seu aparecimento.

Dentre as opções de tratamento no campo de rejuvenescimento facial, a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, assim como a de Dermatologia, destacam a toxina botulínica. O tratamento, minimamente invasivo e não cirúrgico, envolve aplicações dessa substância na pele do paciente, sendo que o número de agulhadas varia em cada caso. O procedimento é rápido e a anestesia geralmente não é necessária.

Como funciona?

A toxina botulínica, popularmente conhecida como Botox®, trata-se de uma substância purificada derivada de uma bactéria. A injeção de tal substância na pele tem a capacidade de bloquear os sinais nervosos musculares. Com os músculos enfraquecidos, a contração é menor e, assim, as rugas faciais diminuem.

O procedimento, apesar de pouco invasivo, pode ser muito eficaz na redução dos primeiros sinais de envelhecimento na pele, funcionando como um tratamento de rejuvenescimento facial. A espessura de sua pele, assim como o tipo e o grau de enrugamento, influenciarão no quão eficaz a toxina botulínica será para você. Havendo indicação desse tipo de tratamento, ele poderá temporariamente reduzir ou eliminar as rugas na testa e área dos olhos (“pés de galinha”), linhas de expressão e bandas grossas no pescoço.

Ciência & Arte

A aplicação da injeção de toxina botulínica, apesar de aparentemente tratar-se apenas de algumas picadas na pele, pode ser considerada uma arte. Segundo o cirurgião plástico da Clínica Kiyomura, doutor Daniel Kiyomura, o médico envolvido em tais aplicações deve ser um profissional sério, experiente e responsável ao escolher quais dentre os 43 possíveis músculos da face receberão as aplicações.

O principal motivo para tanto cuidado é que, caso a escolha não seja minuciosamente estudada, poderão ser afetadas as expressões faciais do paciente. Utiliza-se para isso uma agulha extremamente fina, sendo a escolha dos pontos certos de extrema importância para que o procedimento seja o mais otimizado possível.

Um cirurgião plástico ou um dermatologista qualificado são os melhores profissionais para avaliar a adequação desse tratamento ao paciente. Agende hoje a sua consulta com a nossa equipe e descubra se a injeção de toxina botulínica é o melhor tratamento de rejuvenescimento facial para você tresaquas.com.

Deixe uma resposta